04
set

5 dicas para montar um currículo atraente

Que o mercado de trabalho hoje está disputado todos nós sabemos! Quando uma empresa abra uma vaga, ela recebe centenas de currículos, e tudo que pensamos é: como me destacar?

Muitas pessoas têm dificuldade para organizar suas experiências profissionais na hora de montar seu currículo. Antes de mais nada, é preciso ser objetivo e claro, essas são as características essências para atrair olhares para o seu currículo ou portfólio. Devemos ficar atentos com os erros de português e informações desnecessárias também.

Sua apresentação escrita, é o primeiro contato que você terá com o recrutador. Portanto, é importante você destacar suas qualidades neste primeiro momento. Para não ter erro, separamos algumas dicas para te ajudar neste processo:

1 – Seja honesto

Todas as informações do seu currículo, tem que ser absolutamente verdadeiras! Então, não tente inventar cargos, cursos, experiências internacionais ou fluências em idiomas. Para um recrutador, isso pode ser facilmente descoberto durante a entrevista ou em uma pesquisa sobre seu histórico. Além disso, na hora de exercer a função exigida, você encontrará dificuldades.

2 – Procure sempre ser objetivo

Nada de rodeios, vá direto ao ponto, esclareça o cargo desejado. Essa informação pode ser trocada de acordo com a empresa e com o cargo para qual você está enviando. Descreva brevemente suas informações pessoais, sua formação acadêmica e o trabalho exercido nas experiências anteriores. Na hora de colocar atividades extracurriculares, opte pelas que são mais relevantes a vaga que você está se candidatando.

3 – Seja claro e organizado

O currículo precisa ser um documento legível, sem fotos, sem ilustrações ou muitas cores. Se preocupa em escrever textos curtos, organize os itens de uma maneira que facilite a leitura, e revise quantas vezes for necessário para evitar erros de português.

4 – Informações básicas

Na hora de estruturar seu currículo organize os itens básicos, como: objetivo, dados pessoas, formação acadêmica, experiência profissional, idiomas, habilidades e cursos. As demais informações, como número de documentos, pretensão salarial, entre outras, são desnecessárias.

5 – Habilidades

Destaque seus talentos e qualificações profissionais, mas cuidado os elogios. Além disso, experiências fora do país, cursos técnicos e trabalhos voluntários, são uma ótima forma de mostrar suas qualidades e seu interesse por aprender coisas novas.