12
jul

O que vem primeiro: o produto ou a audiência?

Ter um produto e depois uma audiência ou ter uma audiência e depois um produto? Não existe ordem correta, quando se tem a internet como ferramenta. É possível iniciar criando e aquecendo o interesse do público pelo produto, antes de lança-lo. Por exemplo: você pode criar um evento no Facebook ou canal no Youtube, mostrando como seu produto funciona ou como seu produto vai influenciar na vida das pessoas, e ainda, poderá abrir uma pré-venda.

Você pode contar com o apoio de um influenciador para lançar seu produto, ou até quem sabe, se tornar um através do seu produto. Assim, conseguirá impactar um grande número de prospects (possíveis clientes) de uma só vez. Se preferir, e achar que seu produto pode se autopromover por ser inovador e/ou necessário para o mercado, você pode lança-lo e depois divulga-lo, pois já possui uma demanda interessada por ele.

Para diminuir os riscos, você pode criar uma campanha de crowdfunding, pois você poderá testar a aceitação de seu público, através de feedbacks que o ajudem a melhorar ainda mais o produto e verificar se é viável ou não produzi-lo em larga escala. Além disso, esse tipo de campanha possibilita que você não dependa de toda a burocracia para solicitar um financiamento em banco ou empréstimo.

Existem casos de produtos que foram divulgados via crowdfunding e receberam comentários de melhorias dos usuários, o que possibilitou alterações nos projetos/protótipos a fim de tornar o produto mais interessante, atendendo o interesse do público, que ganha sensação de participar ativamente da criação do produto, tornando-o muito mais valioso aos olhos deles.